Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Últimas Notícias

Newsletter

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . . .
Dow Jone ... % . . . . .
Espanha 0% . . . . .
França 0,43% . . . . .
Japão 1,86% . . . . .
NASDAQ 0,02% . . . . .
S&P 500 0,31% . . . . .

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 4,11 4,12
EURO 4,56 4,56
LIBRA ES ... 5,42 5,42
PESO (CHI) 0,01 0,01
SOL NOVO 1,21 1,22
PESO (ARG) 0,07 0,07

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

Escola do Legislativo encerra ciclo de palestras sobre Direitos Humanos

  O Auditório Senador João Bosco, localizado na Escola do Legislativo, na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), será palco, no próximo dia 10 de dezembro, de palestras com os temas “A situação das populações e comunidades tradicionais” e “A garantia dos Direitos Humanos para todas e todos”. O evento, que inicia às 9h, marcará o encerramento do Ciclo de Palestras em Direitos Humanos no Século XXI, que foi promovido pela Aleam, por meio da Escola, com o objetivo de fomentar o debate sobre tema avaliando as mais persas perspectivas. O diretor da Escola, João Paulo Jacob, relembrou que as palestras iniciaram no último mês de abril, e ao longo de 2019 foram realizados mensais, com temas específicos a cada encontro. O objetivo do Ciclo de Palestras, explicou Jacob, era trazer uma visão multifacetária e interdisciplinar dos direitos humanos, quebrando aquela visão de que os direitos humanos são usados apenas na defesa de presidiários. “Os direitos humanos defendem as minorias, os índios, os negros, os idosos”, detalhou o diretor João Paulo, afirmando ainda que a Aleam participa da elaboração das políticas públicas da defesa dos direitos humanos, daí a importância de promover essa reflexão sobre o tema. “Servidores, estudantes, membros da sociedade civil, puderam participar e sair daqui de forma transformada, pensando no que é possível nós melhorarmos, ainda mais, na defesa dos direitos humanos”, concluiu. A pedagoga Jacy Braga, que coordena as palestras, explicou que os assuntos tratados nesse último encontro fecham o ciclo de 20 palestras realizadas. Os palestrantes serão o Prof. Esp. Alcilei do Vale Neto e Profa. Esp. Lídia Helena Oliveira que irão ministrar a palestra “A situação das populações e comunidades tradicionais: Quilombolas, Indígenas, Ribeirinhos e outras”; o Prof. Esp. Nilton Carlos Teixeira, que irá ministrar a palestra “A garantia dos Direitos Humanos para todos e todas. Uma reflexão à luz do PNDH3”. Os interessados podem se inscrever pelo e-mail ger.treinamento@gmail.com , ou pelo telefone 3183-4393, da Gerência de Treinamento e Desenvolvimento da Escola do Legislativo.   Prêmio Direitos Humanos   Além das palestras do dia 10 de dezembro, a Escola do Legislativo irá realizar a entrega do 1º Prêmio de Direitos Humanos para reconhecer e valorizar as relevantes práticas em defesa dos direitos humanos. A homenagem também é um incentivo para que novas ações.   1.Lidyane Cavalcante – pela produção acadêmica e o fomento às discussões de temáticas  voltada aos Direitos Humanos; Luziane Varella – pelos trabalhos realizados em preservação à Vida, sob tema de Prevenção ao Suicídio; Gabriel Mota – em razão da criação da Casa Abrigo para a População LGBTQI+ em situação de vulnerabilidade social; Arlete Anchieta – pelo seu trabalho de luta e visibilidade à frente do Fórum Permanente de Afrodescendentes do Amazonas – FOPAAM; Alberto Jorge – pela realização de atividades de Combate à Intolerância Religiosa e Cultura Afro brasileira, através da ARATRAMA; Ney Valente – pelo trabalho de visibilidade, combate ao racismo e inclusão social por meio da prática de capoeira dentro do Projeto Arte e Revelação. Além do empoderamento da Cultura Negra no Amazonas; Ir. Liliana – Casa Mamãe Margarida, trabalhos em atenção a Crianças e Adolescentes; Maria Solange de Oliveira e Silva DEF/SEMED – trabalhos realizados na área da educação na esfera municipal, voltados para a Promoção da Diversidade Religiosa; Ciro Dantas SEDUC – trabalhos realizados na área da Educação objetivando a promoção da igualdade racial no âmbito estadual; Dora Brasil – Conselho Estadual de Direitos da Mulher – trabalhos voltados pra o fortalecimento de políticas em defesa da mulher, combate da violência doméstica e o feminicídio; Pastoral do Migrante – pelo trabalho de acolhimento e ajuda aos imigrantes venezuelanos; Dra. Nancy Segadilha (Conselho da Pessoa com deficiência) – pelos trabalhos em favor da população com deficiência do estado do Amazonas; Francy Jr – pela atividade cultura de resistência, demarcação de espaço de luta e pelos trabalhos em favor dos direitos da mulher e da população negra do Amazonas.     Diretoria de Comunicação da Aleam Texto: Joyce Campos    
29/11/2019 (00:00)
Acessos  110929
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.